Arquivo da tag: acidente

Jack Reacher: O Último Tiro Torrent – BluRay Rip 1080p Dual Áudio (2012)

Novo Anuncio

Jack Reacher - O Último Tiro Torrent - BluRay Rip 1080p Dual Áudio

Sinopse: Jack Reacher: O Último Tiro Torrent – BluRay Rip 1080p Dual Áudio (2012) Um crime brutal foi cometido contra cinco pessoas ao mesmo tempo e um atirador de elite, veterano de guerra, foi acusado pelos assassinatos sem muita chance de defesa. Durante o interrogatório, ele cita apenas o nome de Jack Reacher (Tom Cruise), um ex-combatente com inúmeras condecorações, dado como desaparecido para o governo e autoridades. Só que ele aparece do nada e resolve investigar por conta própria o tal mistério. Sua teoria é que existe uma ligação entre as mortes e o verdadeiro responsável tem outros interesses, procurando desviar a atenção. Só que Jack não desiste da verdade e tem um jeito especial de fazer a sua justiça, doa a quem doer.

»INFORMAÇÕES«
Filme: Jack Reacher: O Último Tiro
Formato: MKV
Qualidade: BluRay Rip
Áudio: Português / Inglês
Legenda: Português
Servidor: Torrent
Gênero: Ação / Crime / Thriller
Tamanho: 2.13 GB
Qualidade de Áudio: 10
Qualidade de Vídeo: 10
Lançamento: 2012
Duração: 2h 10 Min.

BLU-RAY RIP 1080p DUAL ÁUDIO:

DownloadDownload 2ª Opção

Acidente com trens tem três mortos e pelo menos 200 feridos na Argentina.

Choque ocorreu dezesseis meses depois de outro acidente na mesma linha, que matou 51 pessoas.

Buenos Aires – Três pessoas morreram e cerca de duzentas ficaram feridas na manhã de hoje (13) quando um trem bateu em outro que estava parado, em Castelar – na periferia de Buenos Aires. O choque ocorreu dezesseis meses depois de outro acidente na mesma linha, que matou 51 pessoas e foi considerado o terceiro pior da história argentina.

O acidente de hoje aconteceu às 7h, quando um trem bateu em outro, que estava parado nos trilhos. O ministro do Interior e do Transporte, Florencio Randazzo, disse que as autoridades estão investigando os motivos do choque, mas descartou falhas no sistema de freios. Os freios do trem que bateu na traseira do outro trem são da empresa brasileira Knor-Bremse e todos haviam sido trocados há pouco tempo, informou o ministro.

O governador da província de Buenos Aires, Daniel Scioli, visitou os feridos e disse que “apenas cinco estão em estado grave”. Uma criança teve a perna amputada.

Na Argentina, o choque provocou comoção porque lembrou o outro acidente, ocorrido na estação Once, no centro de Buenos Aires, na mesma linha de trens Sarmiento. A chamada “tragédia do Once” aconteceu na manha do dia 22 de fevereiro de 2012, quando um trem entrou na estação em alta velocidade e chocou contra os freios de contenção. As autoridades ainda estão investigando os motivos do acidente.

Pablo Menghini, que perdeu um filho na “tragédia do Once”, foi até o local do choque. “Sinto como se estivesse revendo uma cena similar. É muito triste perceber que depois de tantas mortes e denúncias sobre a falta de segurança no sistema ferroviário um acidente parecido volte a acontecer”, disse ele.

O presidente do Instituto Argentino Ferroviário – uma ONG especializada no sistema ferroviário do país – disse que muitas mudanças foram feitas desde a “tragédia do Once”. A empresa privada TBA, que tinha a concessão da linha Sarmiento, foi substituída por outra,com participação do estado. “Trocaram as vias, repararam trens, colocaram sistemas de GPS e substituíram os freios por outros, brasileiros”, disse Martorelli. “Ainda é cedo para determinar o que aconteceu”. Já delegados da linha Sarmiento disseram a imprensa argentina que o trem que se chocou não estava preparado para circular.

No inicio do mês, o ministro Randazzo anunciou a rescisão de contratos de concessão de ferrovias administradas por duas empresas privadas no país: a brasileira América Latina Logística (ALL) e a argentina Tren de La Costa Sociedad Anonima. Ambas acusadas de descumprimento de contratos e de não investir em manutenção. Segundo uma auditoria realizada em 2012, a ALL abandonou ramais, suspendeu vias e transferiu ativos sem autorização.

Um mês após reimplante de mão, mulher já consegue realizar atividades.

Jovem de 27 anos falou sobre as tarefas realizadas e a sensibilidade.
Marcilene sofreu acidente em Jaraguá do Sul e fez cirurgia em Joinville.

Um mês depois da cirurgia bem-sucedida de reimplante de mão realizada em Joinville, no Norte de Santa Catarina, Marcilene Alves dos Santos, de 27 anos, contou que já consegue realizar diversas tarefas domésticas e de higiene. Segundo ela, também já consegue sentir um pouco a temperatura de um chá quente na xícara.

A cirurgia foi realizada no dia 9 de fevereiro, mesma data em que sofreu o acidente. Ela perdeu mão direita em uma máquina de fatiar queijos no supermercado onde trabalha, em Jaraguá do Sul, Norte catarinense. Ela se machucou com a serra, pensando que o equipamento estava desligado. Os colegas dela guardaram a mão e, quatro horas depois, a paciente estava na sala de cirurgia em Joinville.

De acordo com Marcilene, ela já está lavando a louça e tomando banho. “Pentear cabelo não conseguia direito, mas agora estou conseguindo bem. Escovar os dentes, até passar uma vassoura em casa, tudo”. Atualmente, ela também precisa fazer viagens semanais a Joinville, para fazer curativos e exames.

Além da recuperação dos movimentos, a sensibilidade da mão também está voltando aos poucos, segundo a paciente. “Eu estava tomando chá e pus a mão debaixo da xícara, no fundo, para ver se eu sentia. Pouca coisa, mas senti. Já foi uma emoção. Já fiquei feliz por isso”, disse. Segundo hospital onde ela fez a cirurgia, a paciente deve recuperar aproximadamente 50% da sensibilidade.

Vítimas de naufrágio no Amazonas continuam desaparecidas.

Acidente ocorreu no domingo (3), no Rio Madeira, próximo a Humaitá.
Condições climáticas teriam contribuído para acidente, diz Distrito Naval.

Balsa encalha a cerca de 800 metros da margem do Rio Madeira em Porto Velho (Foto: Ivanete Damasceno/G1)

Embarcação afundou no Rio Madeira.

Duas pessoas desaparecidas após um naufrágio nas proximidades do município de Humaitá, 590 km de Manaus, ainda não foram localizadas, informou a Capitania dos Portos na manhã desta segunda-feira (4). Desde a noite do domingo (3), uma equipe do Comando do 9º Distrito Naval faz buscas no Rio Madeira, onde a embarcação afundou.

De acordo com o Distrito Naval, não há dificuldade para fazer o trabalho de resgate na região onde a lancha do tipo rabeta se acidentou, já que o naufrágio ocorreu em frente à cidade.

O Distrito Naval afirmou ainda que as condições climáticas – ventos, banzeiros e céu nublado – teriam contribuído para o acidente.

As causas do naufrágio serão investigadas por meio de um Inquérito Administrativo sobre Acidentes e Fatos da Navegação, com previsão de ser concluído em 90 dias.

Mulher morre atingida na queda de marquise em Belo Horizonte.

Vítima tinha 49 anos e esperava por ônibus.
Defesa Civil foi acionada para verificar estrutura.

Marquise de prédio desaba e mata mulher (Foto: Mikaela Salachenski)

Marquise de prédio desaba e mata mulher.

Uma mulher de 49 anos morreu na manhã desta quinta-feira (14) depois de ser atingida por uma marquise que desabou de um prédio comercial, na Rua Silva Fortes, no bairro União, na Região Nordeste de Belo Horizonte. De acordo com o Corpo de Bombeiros, a estrutura tem aproximadamente 30 metros de comprimento, 8,5 toneladas e estava a 4 metros de altura. A vítima esperava pelo ônibus, no ponto final da linha 8102 (União-Carmo Sion) quando aconteceu o acidente.

A vítima, Marta Ribeiro Quadros Pinto, era operadora de telemarketing e deixa três filhos. Todos estiveram no local e se emocionaram muito com a morte da mãe. Outras três pessoas que estavam sob a marquise conseguiram corrrer a tempo, segundo testemunhas.  

Uma comerciante disse que a marquise foi construída depois de o prédio de dez pavimentos ter sido erguido. A Defesa Civil isolou a área no entorno do prédio para avaliar as causas do acidente e a estrutura do imóvel. O órgão também acionou um responsável da construtora.

“A estrutura do prédio não foi capaz de suportar o peso da marquise”, disse o coronel Waldir Figueiredo Vieira. A Defesa Civil estipulou três dias para que a construtora emita um laudo sobre a estabilidade e a segurança do imóvel. O edifício está em fase final de construção e não havia ninguém dentro dela na hora do desabamento.

Em nota, a construtora Marca Brasil lamentou o acidente e informou que vai arcar com todas as despesas do velório em Belo Horizonte e do enterro em São José do Salgado, distrito de Carmo do Cajuru. A empresa afirmou também que vai contribuir com a apuração das causas do desabamento. 

A calçada em frente ao imóvel foi isolada para evitar outros acidentes e a Polícia Civil esteve no local para fazer perícia.

Peixe de Fukushima tem radiação 2.500 vezes maior que limite legal.

 

 

peixes de fukushima

Um peixe capturado com a finalidade de realizar um monitoramento próximo da central nuclear de Fukushima, onde aconteceu o acidente nuclear em 2011, apresenta um nível impressionante de contaminação radioativa, quase 2.500 vezes superior ao limite legal fixado pelo Japão, anunciou nesta sexta-feira (18) a operadora da usina.

A companhia Tokyo Electric Power (TEPCO) declarou que mediu o nível de contaminação em um peixe conhecido como ‘murasoi’, encontrando uma quantidade de césio radioativo igual a 254.000 becquereles por quilo, ou seja 2.540 vezes o limite de 100 becquereles/kg definido para os produtos marinhos pelo governo.

Esse animal, da família dos peixes escorpião, foi capturado na baía próxima à central Fukushima Daiichi, situada na costa noroeste do Japão, na beira do Pacífico.

Este complexo nuclear foi atingido em 11 de março de 2011 por um tsunami provocado por um terremoto, que devastou quatro de seus seis reatores, dispersando na natureza grandes quantidades de sustâncias radioativas.

A TEPCO instalará novas redes em volta da usina para evitar que peixes altamente contaminados fiquem no local e sejam devorados por outras espécies.

Helicóptero do Corpo de Bombeiros cai no mar de Copacabana.

Bombeiros faziam salvamentos na praia quando aconteceu o acidente.
Segundo comandante, os 4 tripulantes foram resgatados com ferimentos leves.

Um helicóptero Águia do Grupamento Aeromarítimo do Corpo de Bombeiros caiu, na tarde deste sábado (29), no mar da Praia de Copacabana, na altura do Posto 2, na Zona Sul do Rio de Janeiro.  A informação foi confirmada pelo 3º Grupamento Aeromarítimo (GMar) de Copacabana.

De acordo com o GMar, a aeronave, tripulada por quatro militares, fazia salvamentos de rotina na praia, quando aconteceu o acidente. O helicóptero afundou no mar.

O comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Sérgio Simões, informou que os tripulantes foram resgatados com ferimentos leves.

“É a primeira vez que isso acontece com uma aeronave da corporação, e ainda não sabemos o que provocou o acidente. Só sei que os tripulantes foram resgatados com vida, apenas com ferimentos leves”, disse Simões.

Equipes de socorro do Corpo de Bombeiros fazem as buscas ao helicóptero na Praia de Copacabana, neste sábado (29) (Foto: Reprodução/TV Globo)
Equipes de socorro do Corpo de Bombeiros fazem as buscas ao helicóptero na Praia de Copacabana, neste sábado.

De acordo com a Secretaria municipal de Saúde, o piloto e um dos tripulantes foram encaminhados para o Hospital Miguel Couto, na Gávea, na Zona Sul da cidade, e passam bem. Um deles foi ferido no joelho.

Eles serão transferidos para o Hospital Central Aristarcho Pessoa (HCAP), dos bombeiros, no Rio Comprido, na Zona Norte.

Equipes da corporação enviadas para o resgate permanecem no local.

O acidente chamou a atenção dos banhistas que aproveitavam o sábado de sol e calor na Praia de Copacabana. Foi o caso de Wagner Marçal, que registrou com um celular os momentos seguintes à queda da aeronave.

Fonte: G1

Pouso de emergência mata 2 em Mianmar.

Acidente com Fokker-100 ocorreu no aeroporto de Heho.
Onze pessoas ficaram feridas.

Destroços de avião acidentado nesta terça-feira (25) em Mianmar (Foto: Reuters)

Destroços de avião acidentado nesta terça-feira (25) em Mianmar.

Pelo menos duas pessoas morreram e outras 11 ficaram feridas depois que um avião birmanês, que realizava uma aterrissagem de emergência no aeroporto de Heho, no estado de Shan, leste de Mianmar, teve sua fuselagem partida, informou a televisão estatal.

O avião, pertencente à companhia Air Bagan, levava 65 passageiros, entre eles 51 estrangeiros. Em comunicado, a companhia informou que entre os feridos há dois americanos, um britânico e um sul-coreano.

A aeronave, do tipo Fokker-100, aterrissou sem o uso do trem de pouso em uma estrada situada a uns três quilômetros do aeroporto e foi parar em um arrozal. Segundo a televisão estatal, a manobra foi realizada depois que um dos motores do avião explodiu.

Entre as vítimas do acidente, duas pessoas não estavam na aeronave. Trata-se de um homem e uma criança que seguiam de moto pela estrada.

Imagem de celular mostra o avião após o acidente desta terça-feira (25) em Heho (Foto: AFP)

Imagem de celular mostra o avião após o acidente desta terça-feira (25) em Heho.

De acordo com testemunhas citadas pela emissora, os dois pilotos ficaram levemente feridos na cabeça por conta da manobra de aterrissagem do avião, que fazia o voo W9-011 entre Yangun, a antiga capital, e Heho, uma cidade de Shan.

Em um boletim, a televisão estatal informou que “a aeronave aterrissava em meio a um espesso nevoeiro e, por isso, pode ter errado ao pousar fora do aeroporto”. Uma testemunha relatou que o avião bateu uma torre de alta tensão e arrastou muitos arbustos antes que a fuselagem se partisse pela metade.

O aeroporto da cidade de Heho, situada no distrito de Taungyi, é usado para as escalas dos turistas que visitam a região de Inya Lake, uma das maiores atrações de Mianmar (antiga Birmânia) desde que o país se abriu ao turismo, há pouco mais de uma década.

Colisão entre carro e carroça deixa dois mortos em Maceió

Testemunhas relataram que veículo envolvido disputava corrida na BR-316.
Vítimas morreram no local antes mesmo de receber socorro médico.

Agentes da Polícia Rodoviária Federal precisaram isolar uma das faixas da pista  (Foto: Henrique Pereira/ G1)

Agentes da PRF precisaram isolar uma das faixas
da pista.

Duas pessoas morreram, na madrugada desta terça-feira (25), após um veículo Fiesta Sedan se chocar com uma carroça na rodovia BR-316, num trecho urbano conhecido como Via Expressa, em Maceió.

Testemunhas relataram aos agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) que o condutor do veículo, que fugiu do local, disputava corrida com outro carro quando aconteceu o acidente. Há suspeita que o condutor seja menor.

Segundo informações dos inspetores da PRF, o veículo estava em alta velocidade quando se chocou com a carroça que seguia na mesma direção. Com a violência do impacto, os ocupantes da carroça, que foi destruída, foram jogados a mais de cinco metros de distância e morreram no local antes mesmo de receberem socorro médico.

Veículo envolvido no acidente saiu da pista e arrancou um coqueiro (Foto: Henrique Pereira/ G1)

Veículo envolvido no acidente ainda saiu da pista e arrancou um coqueiro.

As vítimas fatais foram o carroceiro Natalício Gomes da Silva, de 62 anos, e Marcos Alberto da Silva, de 38 anos, que seguiam do bairro da Serraria para o Sítio São Jorge.

Familiares que estiveram no local disseram que Marcos Alberto havia contratado o carroceiro Natalício Silva para fazer o transporte de uma motocicleta que estava com defeito.

No impacto, o cavalo que puxava a carroça chegou a ser atingido e também morreu, assim como, um cachorro, que pertencia ao carroceiro. O veículo saiu da pista e só parou após atingir um coqueiro. Mesmo diante da suspeita de que o veículo disputava corrida com outro carro, a causa do acidente ainda será investigada.

Trem bate em composição estacionada em Francisco Morato – SP

Um trem que manobrava para entrar em operação no sentido Jundiaí, no interior paulista, colidiu com outra composição na Estação Francisco Morato , na região metropolitana de São Paulo, na manhã desta terça-feira (18). Segundo a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, há feridos.

A colisão ocorreu por volta das 5h30. De acordo com a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), um trem vazio que saía do pátio de Francisco Morato para entrar em circulação no sentido Jundiaí colidiu com outro trem parado no sentido Luz quando manobrava para iniciar sua operação.

Segundo o Bom Dia São Paulo , dez pessoas se feriram, de acordo com informações iniciais. Não há relatos de mortos.

Em nota, a CPTM informou que a circulação de trens, entre as Estações Jundiaí e Francisco Morato, foi alterada devido ao acidente. O intervalo entre os trens e o tempo de viagem foram ampliados. A Estação Francisco Morato faz parte da Linha 7 – Rubi (Luz/Francisco Morato/Jundiaí).

Morte da cantora mexicana Jenni Rivera em acidente é confirmada.

A cantora mexicana Jenni Rivera, em foto de março de 2012 (Foto: Reed Saxon/AP)

A cantora mexicana Jenni Rivera, em foto de março
de 2012.

Avião desapareceu na manhã do domingo no norte do México.
Artista de música regional mexicana vendeu mais de 15 milhões de discos.

A cantora mexicana-americana Jenni Rivera morreu em um acidente de avião, depois que o jatinho em que viajava caiu no norte do México. O avião em que ela viajava foi encontrado no domingo (9), “totalmente destruído”. Um porta-voz do governo do Estado de Nuevo Leon disse que equipes de resgate encontraram os restos do avião, a 100 quilômetros da cidade de Monterrey.

O pai da cantora, Pedro Rivera, falando depois que os destroços foram localizados, disse ao canal de TV Telemundo que as sete pessoas a bordo do avião, incluindo os dois pilotos, morreram. “Todos foram perdidos”, contou Rivera, acompanhado pelos dois filhos.

Jenni Rivera canta no Billboard Latin Music Awards em Miami no dia 23 de abril de 2009  (Foto: Reuters/Carlos Barria)
Jenni Rivera canta no Billboard Latin Music Awards em Miami em abril de 2009.

Investigadores ainda estão vasculhando o local do acidente, no município de Iturbide, ao sul de Monterrey. Os Ministérios de Transporte e de Comunicação disseram que os destroços foram encontrados tão longe e dispersos que estava difícil reconhecer qualquer coisa. Não ficou claro o que causou o acidente.

Jenni, de 43 anos, estava indo para a cidade de Toluca, na região central do México,depois de um show em Monterrey no sábado à noite. Filha de imigrantes mexicanos, Jenni nasceu em Long Beach, Califórnia, e vendeu mais de 15 milhões de álbuns, ganhou diversos prêmios e recebeu indicações para o Grammy, segundo o site da cantora. Mãe de cinco filhos, Jenni era famosa pelos estilos musicais Nortena e Banda.

Mulher homenageia Jenni Rivera em shopping center em Lynwood, na Califórnia, nesta segunda-feira (10) (Foto: AP/Patrick T. Fallon)
Mulher homenageia Jenni Rivera em shopping center em Lynwood, na Califórnia, nesta segunda-feira (10).

A mexicana vendeu mais de 15 milhões de discos em todo mundo. “Já passei por muita coisa, mas eu não sou uma vítima”, Rivera disse à revista americana “Billboard” em uma entrevista de 2010. “Se eu me senti como uma vítima, eu não seria capaz de ter sucesso e de estar onde eu estou agora. Tenho um espírito guerreiro”, completou.

A atuação de Jenni ia além da música. Ela já deve dois discos ao mesmo tempo na parada de álbuns latinos nos EUA. Também foi a estrela de programas de TV, incluindo um reality show sobre sua vida, chamado “I love Jenni”. Ela tinha assinado contrato para estrelar uma comédia na rede ABC que se chamaria “Jenni”.

A cantora fazia sucesso também com um programa de rádio semanal, e linhas de roupas e cosméticos. Era jurada do programa “The Voice México”. Jenni lançou sua própria fundação para ajudar as vítimas de violência doméstica.

Cantora Jenni Rivera, que morreu em acidente de avião, é homenageada na frente de sua casa em Los Angeles (Foto: AP/Mark J. Terrill)
Cantora Jenni Rivera, que morreu em acidente de avião, é homenageada na frente de sua casa em Los Angeles.

Filho de piracicabana atropelada em Congonhas diz que perdoa motorista.

Cuidadora de idosos foi enterrada no Cemitério da Saudade neste domingo.
Condutor que atropelou mãe e filha na calçada havia bebido antes de dirigir.

Clarice da Costa, atropelada na entrada do Aeroporto de Congonhas, foi sepultada no Cemitério da Saudade, em Piracicaba (Foto: Thomaz Fernandes/G1)

Família acompanhou o enterro no Cemitério da Saudade, em Piracicaba.

Robson de Oliveira, filho da cuidadora de idosos Clarice da Costa, atropelada na calçada do Aeroporto de Congonhas em São Paulo (SP) na manhã de sábado (8), disse que perdoa o condutor do veículo, que havia consumido bebida alcoólica antes do acidente segundo a Polícia Civil. A declaração foi dada depois do enterro da mulher de 56 anos no Cemitério da Saudade, em Piracicaba (SP), na manhã deste domingo (9). A filha dela, Camila Ariele Turolla Carvalho, de 27 anos, também foi atingida pelo carro e continua internada em um hospital da capital.

O rapaz de 23 anos que dirigia o veículo, um Civic prata, foi preso e prestou depoimento na Delegacia de Congonhas. À delegada Fernanda Herbella, o motorista admitiu que havia ingerido bebida alcoólica à noite durante uma festa de confraternização de fim de ano. A porcentagem alcoólica no sangue do suspeito não era suficiente para que fosse caracterizado crime de embriaguez ao volante, mas ele foi autuado administrativamente por conduzir após ingerir bebida alcoólica. O suspeito será indiciado por homicídio doloso (com intenção de matar) e tentativa de homicídio.

Robson de Oliveira, filho de Clarice da Costa, de Piracicaba, que morreu atropelada em Congonhas (Foto: Thomaz Fernandes/G1)
Robson de Oliveira, filho de Clarice, disse que
perdoa motorista.

Robson de Oliveira, de 36 anos, é o filho mais velho de Clarice e disse acreditar que a família do responsável pelo acidente está sofrendo da mesma maneira que a dele. “Eu tenho certeza que para ele e para a família dele essa situação também está sendo doída. Espero que ele faça como eu e busque em Deus um conforto por tudo isso”, afirmou.

O filho da vítima, que mora em Araras (SP), deve seguir para a capital neste domingo para acompanhar a irmã. Ele ainda declarou o que diria se visse o motorista. “Eu o perdoo, não sou ninguém para condená-lo. Só acredito que não se pode beber e dirigir, para que não ocorra uma tragédia.”

Morte trágica
Nenhum outro familiar de Clarice quis dar entrevistas sobre o caso, pois se disseram muito abalados com a morte trágica. Clarice, que era separada, deixou três filhos, três irmãos e quatro netos. Por ter experiência em cuidar do pai, que sofreu do mal de Alzheimer, ela sempre trabalhou como cuidadora de idosos.

Como foi o atropelamento
Segundo a Infraero, o acidente ocorreu por volta das 5h30 do sábado no acesso ao aeroporto pela Avenida Washington Luís, na praça Comandante Lineu Gomes, próximo à área de embarque e desembarque de passageiros. Imagens do circuito interno de câmeras do aeroporto mostram o carro subindo a calçada em alta velocidade e atropelando mãe e filha (veja no vídeo acima). O marido de Camila e o filho do casal, de oito anos, por pouco não foram atingidos pelo veículo.

Acidente de avião mata 20 no Congo.

Avião de carga de fabricação soviética acidentou-se durante o pouso.
Aeronave saiu da pista e destruiu 15 casas, matando moradores.

Bombeiros correm para o local do acidente aéreo nesta sexta-feira (30) em Brazaville, capital da República do Congo (Foto: AP)

Bombeiros correm para o local do acidente aéreo nesta sexta-feira (30) em Brazaville, capital da República do Congo.

Um acidente durante a aterrisagem de um avião cargueiro matou pelo menos 20 pessoas nesta sexta-feira (30) em Brazzaville, capital da República do Congo, segundo os bombeiros.

Entre as vítimas, estão a tripulação e também moradores que estavam em solo.

A aeronave, um Ilyushin-76 de fabricação soviética, pertencente a uma empresa privada incendiou-se após o acidente.

O avião vinha de Pointe-Noire, segunda cidade do país africano, e transportava carros e outras mercadorias.

Chovia bastante na hora do acidente, segundo testemunhas.

Aparentemente, o avião não conseguiu frear e saiu da pista, destruindo cerca de 15 casas, entre elas um bar, antes de bater em um barranco e pegar fogo.

Duas horas após o acidente, os bombeiros continuavam buscando vítimas entre os escombros.

Acidente bloqueia pista central da Marginal Tietê.

Carro, caminhão e moto colidiram na tarde deste sábado (24).
Duas pessoas ficaram feridas, de acordo com os bombeiros.

Um acidente envolvendo um carro, um caminhão e uma moto deixou duas pessoas feridas e bloqueou a pista central da Marginal Tietê, no sentido Rodovia Castello Branco, próximo à Ponte do Limão, na Zona Norte da capital paulista, por volta das 17h deste sábado (24).

Os bombeiros foram acionados. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), os motoristas que trafegavam pela pista central eram orientados a pegar um desvio pela pista expressa por volta das 17h15.

Estados Unidos é país com mais pobres do ‘clube dos ricos’.

James Haskins trabalha como voluntário em almoço

de Ação de Graças para a população carente.

Em um salão bem-iluminado e de tijolos aparentes, com fotos ilustrando as paredes e um quadro a óleo de Martin Luther King sobre um piano recostado a um canto, um voluntário dispõe pratos de sobremesa com fatias de tortas de abóbora e batata-doce sobre mesas comunitárias.

Guardanapos coloridos e arranjos de cartolina imitando abóboras marcam os assentos para a última leva de comensais que vieram para o almoço especial de Dia de Ação de Graças oferecido gratuitamente pela organização SOME (So Others Might Eat – “Para que outras possam se alimentar”, em tradução livre), em Washington.

Em geral ausente do debate público – até, surpreendentemente, em ano de campanha eleitoral –, a situação dos mais necessitados reaparece, sazonalmente, no feriado que comemora a primeira refeição comum dos peregrinos e povos nativos que fizeram a história deste país.

Mas para organizações como esta, a preocupação nunca sai do radar. Este refeitório que servia, antes da crise econômica, em torno de 200 mil refeições por ano – café da manhã e almoço –, hoje serve quase 250 mil. A demanda subiu proporcionalmente à crise do emprego, que empurrou milhões de americanos para a pobreza.

Segundo os números do censo, os Estados Unidos tinham 46,2 milhões de pobres em 2011, o equivalente a 15% da sua população. Em 2009, o nível era de 13,2%.

De acordo com a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o país mais rico do mundo é também, dentro do clube dos ricos, o que conta com a maior proporção de pobres.

Pobre país rico

Há várias faixas de renda para a definição de quem é ou não pobre nos EUA. Para um indivíduo e um casal com dois filhos, por exemplo, o nível de pobreza é definido por ganhos anuais de até US$ 11.702 e US$ 22.811, respectivamente.

O presidente Obama trabalhou em um refeitório da SOME em 2010.

Rendas inferiores a 50% destas faixas configuram pobreza aguda (“deep poverty”), dentro da qual estão 6,6% da população – o equivalente a 20,4 milhões de pessoas – contra 6,3% em 2009.

Um estudo recente da organização National Poverty Center identificou inclusive um contingente de 1,46 milhão de famílias – com 2,8 milhões de crianças – vivendo em pobreza extrema segundo as definições do Banco Mundial, ou seja, com menos de US$ 2 por pessoa por dia em um determinado mês.

Especialistas ressalvam que parte desses efeitos negativos é compensada por assistência que não entra nas estatíticas de renda, tais como a distribuição de vale refeições, moradia e deduções fiscais.

Austin Nichols, do instituto de pesquisa Urban Institute, em Washington, estima que se os vale-refeições e isenções fiscais fossem contabilizados, os EUA teriam 9,6 milhões de pobres a menos.

“De certa forma, isso faz com que os pobres nos EUA estejam em uma situação melhor que em outros países”, disse Nichols à BBC Brasil, falando por telefone de Roma, onde participava de uma conferência da ONU sobre a fome.

“A razão para isso é que nosso sistema de benefícios se afastou das transferências de renda, nas quais os países europeus se apoiam mais que os EUA.”

Mas infelizmente, escreve Nichols em sua análise, muitas medidas deste tipo, erguidas para conter os efeitos da crise econômica no seu início, estão expirando.

E ao longo deste ano, enquanto muito se falou dos incentivos para a classe média e o corte ou não de impostos para os mais ricos, poucas vezes foi mencionada a carência das pessoas que mais dependem delas.

Dificuldades

Refeitório da organização beneficente americana SomeFuncionário prepara mesas de refeitório da organização beneficente americana Some

Algumas horas visitando entidades como a SOME indicam o tamanho do desafio. Além do refeitório, a organização oferece uma miríade de serviços para os mais pobres, incluindo duchas gratuitas, doações de roupas, sapatos e comidas, serviços de saúde primária, dental e mental, e assistência com a busca de moradias e serviços sociais.

James Haskins, que faz parte de uma igreja Batista em Maryland e esteve entre os voluntários no Dia de Ação de Graças, diz que as necessidades dos mais pobres não são apenas materiais.

“Não é apenas uma questão de falta de comida, ou de moradia, ou de ter o que comer”, disse Haskins, ao lado de uma foto que mostra o presidente Barack Obama servindo almoço naquele mesmo refeitório, em 2010.

“Para eles, é uma questão de tentar fazer parte de alguma coisa, saber que podem contar com alguém”.

A porta-voz da entidade, Nechama Masliansky, disse à BBC Brasil que a organização atende anualmente a 10 mil indivíduos diferentes, que utilizam seus serviços em muitos casos inúmeras vezes na semana.

A pobreza persistente ainda é um problema relativamente pequeno nos EUA, e muitos acabam se encontrando nesta situação após perder o emprego ou a capacidade de trabalhar. A falta de moradias acessíveis em cidades como a capital federal empurram famílias inteiras para as ruas.

Aos 48 anos, o ex-pedreiro Edward Fischer, hoje com 60, teve um ombro deslocado em um acidente. Passou quatro anos vivendo na casa da mãe e não conseguia retornar ao trabalho – até processar o antigo empregador e conseguir verba suficiente para pagar as contas e conseguir viver no seu próprio lar.

“Já cheguei a vir neste refeitório várias vezes por semana”, disse Fischer, em meio a garfadas. “Hoje, ainda venho de vez em quando.”

Longo prazo

Pintura de Martin Luther King decora refeitório, em Washington.

Nichols escreve que em 2009 e 2010, apenas 4,8% dos pobres permaneceram nesta situação por todos os 24 meses. Mas uma das características da mais recente crise econômica são os longos períodos em que os trabalhadores passam desempregados.

Em agosto último, 40% dos desempregados passavam mais de seis meses sem trabalho – o tempo do recebimento do seguro-desemprego regular. Nunca, desde os anos 1960, o percentual superou muito mais que 25%.

Para os especialistas, uma das consequências mais perversas desta pobreza persistente é o efeito que terá sobre as gerações futuras.

“Crianças criadas sob o espectro da pobreza são mais suscetíveis a continuar pobres, abandonar a escola, ter gravidez indesejada na adolescência e viver instabilidades no mercado de trabalho”, diz outro estudo do Urban Institute.

Nos EUA, a pobreza atinge 22% das crianças – sendo que entre as crianças negras o percentual chegava a 37,4% em 2011. De certa forma, é um reflexo da pobreza entre mães solteiras chefes de família, que superava 31%.

Nichols vê nesses dados um risco à possibilidade de mobilidade social que deu início ao sonho americano.

Ele diz que, enquanto a classe média ou mesmo uma parte dos pobres ainda pode almejar a subir na pirâmide da sociedade, os 10% no chão da linha da pobreza já nascem, virtualmente, com o futuro selado de continuar sendo pobre.