Artista representa as principais doenças do mundo em mapa-múndi


Odra Noel, que também é médica, escolheu usar o desenho de células humanas para representar os problemas de diferentes regiões.

Artista representa as principais doenças do mundo em mapa-múndi

Fonte da imagem: Reprodução/Odra Noel.

A cada minuto, milhares de pessoas nascem e morrem ao redor do mundo. Mas algum dia você parou para se perguntar quais são as principais doenças de cada parte do planeta?

Assim como são diferentes os hábitos e a cultura de cada país, as doenças também variam de acordo com a parte do mundo em que você mora. Unindo arte e biologia, uma artista criou uma representação inédita do mapa-múndi que pode ser considerada a “geografia das doenças”.

Entenda o mapa

De acordo com o site New Scientist, cada continente foi ilustrado com as células de partes do corpo que, quando estão doentes ou apresentam disfunções, são a principal causa de morte naquela região. Na América do Norte, por exemplo, a epidemia de obesidade resultou em um mapa repleto de células de gordura, as que formam o tecido adiposo.

Já a Europa e a Rússia são ilustradas pelo tecido cerebral, o que representa as doenças neurodegenerativas que acometem a população com idade avançada. Ainda, a Ásia Oriental e a região do Oceano Pacífico são formadas pelo tecido pancreático, que, quando apresenta alguma disfunção, pode resultar no surgimento de diabetes.

A África foi representada pelas células do sangue, já que as doenças que mais matam no continente – a malária e o HIV – são transmitidas por meio dele. O Brasil e o restante da América do Sul foram representados por células pulmonares devido ao grande número de mortes causadas pelo tabagismo e por infecções respiratórias.

Odra Noel, a responsável pelo mapa, é médica e escolheu utilizar seus conhecimentos acerca de órgãos, tecidos e células para ir além de seu trabalho clínico. A imagem que você vê acima foi pintada em seda, como uma maneira de evocar os mapas que eram desenhados antigamente.

A obra de Odra Noel estará em exposição a partir de amanhã, 2 de julho, no Royal Society’s Summer Science Exhibition – um festival de ciência e tecnologia –, em Londres, na Inglaterra.

Anúncios

Deixe o seu comentário ele é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s