Explosões causam mortes e pânico na Maratona de Boston


Duas fortes explosões deixaram pelo menos dois mortos e mais de 20 feridos nesta segunda-feira na linha de chegada da Maratona de Boston, de acordo com informações da polícia local.

Veículos de emergência foram acionados para socorrer vítimas de explosões em Boston.

As explosões sacudiram a região e provocaram cenas de pânico e confusão em um dos maiores eventos esportivos realizados nos Estados Unidos.

Ainda não há confirmação sobre as causas das explosões, mas relatos indicam que a polícia teria realizado a detonação controlada de um terceiro artefato explosivo.

A polícia afirma que as explosões na linha de chegada da maratona foram quase simultâneas e que uma outra explosão foi registrada na Biblioteca Memorial JFK, nos arredores do centro de Boston.

As autoridades dizem que estão investigando as explosões e que ainda não é possível dizer se elas estão relacionadas.

Segurança reforçada

O presidente americano, Barack Obama, foi notificado sobre o incidente, e a segurança foi reforçada em edifícios famosos de Nova York e Washington.

“Nossas orações estão com as pessoas em Boston que sofreram ferimentos”, afirmou o vice-presidente, Joe Biden, que participava de uma teleconferência sobre o controle de armas.

Obama telefonou para o prefeito de Boston, Tom Menino, e para o governador de Massachusetts, Deval Pactrick, para oferecer a ajuda do governo federal.

A FAA, a agência que controla a aviação civil nos Estados Unidos, determinou uma zona de exclusão aérea na região das explosões.

Sangue e fumaça

Na linha de chegada da maratona, vítimas ensanguentadas foram inicialmente levadas para uma tenda médica montada no local para atender os corredores da maratona.

Serviços de emergência se deslocaram para a área das explosões, que foi rapidamente isolada pelas autoridades.

“Há muitas pessoas caídas”, afirmou um corredor entrevistado pela agência de noticias Associated Press (AP).

A primeira explosão ocorreu por volta das 14h50 locais (15h50, no horário de Brasília), aproximadamente duas horas após os vencedores da maratona terem cruzado a linha de chegada.

De acordo com informações da AP, o forte barulho da primeira explosão foi registrado no lado norte da rua Boylston, pouco antes da ponte que marca a linha de chegada. Outra forte explosão foi ouvida poucos segundos depois.

Pouco depois das explosões, a fumaça era visível diante das bandeiras alinhadas na chegada de uma das maratonas mais antigas e famosas do mundo.

Correria e gritos

Imagens gravadas de um helicóptero exibiram grandes manchas de sangue no asfalto na popular região de compras e turismo conhecida como Back Bay.

O corredor Mike Mitchell, de Vancouver (Canadá), que tinha completado a maratona, afirmou que estava olhando para trás, para a linha de chegada, quando viu uma “enorme explosão”.

A fumaça no local alcançou cerca de 15 metros de altura, segundo o depoimento de Mitchell à agência de notícias Reuters, e as pessoas começaram a correr e gritar.

“Todos ficaram apavorados”, contou o canadense.

Os corredores que ainda não tinham completado a maratona foram desviados para longe do local da fumaça das explosões, e as ruas ao redor foram isoladas.

A unidade da Cruz Vermelha para o leste do Estado de Massachusetts montou um centro de resposta a desastres no local.

A Maratona de Boston é um dos maiores eventos anuais de atletismo nos Estados Unidos e atrai um grande número de corredores, além de milhares de espectadores.

Anúncios

Deixe o seu comentário ele é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s