Ovo centenário de ave extinta da África vai ser leiloado em Londres.


Objeto subfossilizado é cem vezes maior do que ovo de galinha.
Valor de venda é estimado em até 35,4 mil euros, diz agência.

Especialista da Christie's compara ovo de ave extinta que vai a leilão com um de galinha (Foto: Matt Dunham/AP)

Especialista de casa de leilões compara ovo de ave extinta com um de galinha.

O ovo centenário de uma espécie extinta de ave que era nativa da Ilha de Madagascar, na África, vai ser leilado em Londres no dia 24 de abril, segundo agências internacionais. De acordo com a Associated Press, o ovo pertence à ave-elefante (da família Aepyornithidae), também conhecida como vorompatra, e tem aproximadamente 400 anos de idade.

O objeto, que é cerca de cem vezes maior que um ovo de galinha comum, está subfossilizado (quando os restos de um organismo ficam preservados após centenas de anos, mas ainda não completaram o processo de fossilização) e não possui vida.

O valor do ovo, que vai ser vendido na famosa casa de leilões Christie’s, é estimado entre 23,6 mil euros (cerca de R$ 60 mil) e 35,4 mil euros (cerca de R$ 91,5 mil), disse nesta quarta-feira (27) a agência americana Associated Press.

O ovo, que data de um período anterior ao século 17, mede 21 centímetros de diâmetro e 30 de altura. A ave-elefante era uma das aves mais pesadas do mundo. Apesar do tamanho grande, sua extinção ocorreu possivelmente devido às ações humanas, segundo o jornal americano “The New York Times”.

O ovo centenário de uma espécie extinta de ave que era nativa da Ilha de Madagascar, na África, vai ser leilado em Londres no dia 24 de abril. (Foto:  Justin Tallis/AFP)
A estimativa da casa de leiões é que o ovo valha de R$ 60 mil a R$ 91,5 mil.
Ovo subfossilizado de ave-elefante, que tem cerca de 400 anos (Foto: Matt Dunham/AP)
Ovo subfossilizado de ave-elefante, que tem cerca de 400 anos.
Esqueleto de ave-elefante é exposta no Museu de Arte e Arqueologia da Universidade de Madagascar, em Antananarivo (Foto: Martin Harvey/Getty Images)
Esqueleto de ave-elefante, extinta desde o século 17, é exposta ao lado de um ovo no Museu de Arte
e Arqueologia da Universidade de Madagascar, em Antananarivo.
Desenho fornecido pelo Museu de História Natural de Londres (Foto: Maurice Wilson/The Natural History Museum/NYT)
Desenho do Museu de História Natural de Londres.
Anúncios

Deixe o seu comentário ele é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s