Companhia italiana Eni declara força maior e cessa atividades na Nigéria.


Empresa informou o fim de algumas atividades em terra em Bayelsa, no sul.
Decisão foi tomada devido à sabotagem dos oleodutos, diz empresa.

A Eni, companhia italiana do setor de energia, anunciou neste sábado (23) o fim de algumas de suas atividades no estado de Bayelsa, no sul da Nigéria, devido à frequência das sabotagens contra oleodutos.

Em comunicado, a ENI confirma que a companhia decretou o estado de força maior e ordenou o cessar de todas as atividades on-shore (em terra) no campo de Swamp Area, no estado nigeriano de Bayelsa.

“A decisão foi tomada devido à intensificação das atividades de ‘bunkering’, ou seja, de sabotagem dos oleodutos”, afirma a empresa.

Anúncios

Deixe o seu comentário ele é muito importante para nós.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s